Uma Publicação do HCFMUSP
Ano XI - Nº 591 - 16/07 a 22/07/2018

 

 

O HC On Line está disponível para leitura em smartphones, tablets e computadores.
Espalhe essa notícia entre os colegas de trabalho.

Calendário de Cursos e Eventos

Você sabia?

Você sabe qual a diferença entre a dor do infarto, que merece a procura imediata de um serviço de emergência, daquela típica de um problema estomacal ou contratura muscular? Se você disser que a segunda passa, assim que a pessoa toma medicamento, e a do infarto não, saiba que pode não ser bem assim. Quando a artéria coronária está perigosamente comprometida, quase ocluída (mas não totalmente obstruída como no infarto), a dor no peito, chamada de angina, pode ir e vir, assim como acontece com a dor de estômago ou muscular, quando a pessoa toma medicamentos. A angina já é um alerta importante do risco de um infarto iminente e precisa ser investigada com rapidez. Saber diferenciar a dor no peito pode salvar a sua vida. Para esclarecer o assunto, Momento do Coração traz os cardiologistas Roberto Kalil Filho, do InCor, e Ibraim Pinto, do Fleury Medicina e Saúde. Depois de acompanhar as explicações dos Doutores, você não terá mais qualquer dúvida sobre o assunto. Confira!
https://referenciaincor.com.br/dor-no-peito/

Fonte: TV Referência, uma produção do portal de notícias científicas, de ensino e orientação para a população, o Referência InCor

 

Nutrição e Saúde

Razões para evitar alimentos industrializados na infância

Uso diário e indiscriminado de alimentos industrializados para crianças – chocolate, balas, pirulitos, achocolatados, salgadinhos, embutidos, leite fermentado, entre outros - interfere na formação de hábito alimentar saudável. A Sociedade Brasileira de Pediatria recomenda: crianças até dois anos de idade não devem consumir produtos que contem conservantes, aromatizantes, corantes, espessantes, excessiva dosagem de açúcar, gordura e sódio. O ideal é oferecer alimentos naturais de maior quantidade de nutrientes.

Fonte: Meu Pratinho Saudável

 

Agenda Cultural

CINEMA – “A Ilha dos Cachorros”, de Wes Anderson. Animação quadro a quadro. Fábula política sobre o Japão do futuro. Sob ditadura, população de uma cidade é induzida a crer que cães causam doenças aos homens, o que não é verdade. Capturados, os animais são exilados em ilha que virou aterro sanitário de lixo. Um garoto consegue chegar até lá para encontrar seu cachorro de estimação.

Duração:
1h42.

EM CARTAZ:
quinta-feira (19 de julho).

 

EXPOSIÇÃO – Hitchcock: Bastidores do Suspense: fotos, manuscritos, cartazes e exibição de trechos de filmes de Alfred Hitchcock (1889-1980).

ONDE:
Museu da Imagem e do Som, Avenida Europa, 158.

QUANDO:
terça-feira a sexta-feira (10h às 21h); sábado (10h às 22h) e domingo (11h às 20h). Ingressos: R$ 12,00; meia (R$ 6,00). Às terças-feiras: grátis. Proibido entrar com mochilas ou bolsas maiores do que 30cm x 30cm.

 

PASSEIO – Sesc Avenida Paulista: neste mês de férias, várias atrações para crianças. Destaque para exibição de curtas-metragens (“Dia da Estreia”, “Carlitos Contra o Relógio” e “Um Amor Cruel”) de Charles Chaplin (1889-1977) produzidos em 1914.

ONDE:
Sesc Avenida Paulista, Avenida Paulista, 119.

QUANDO:
quinta-feira (dias 19 e 26 deste mês) às 15h. Grátis: retirada de ingressos meia hora antes do evento.

 

Fique por dentro

Lançamento de livro

Lançado o livro "Educação Nutricional em Pediatria”, cujas organizadoras – Andréa Gislene do Nascimento; Larissa Baldini Farjalla Mattar; Lenycia de Cassya Lopes Neri; Glauce Hiromi Yonamine e Ana Paula Alves da Silva – são nutricionistas do ICr – Instituto da Criança e do Adolescente do HCFMUSP. A obra da Editora Manole é referência para estudantes e profissionais de Nutrição, Pediatria e demais áreas da saúde.

 

Mais transparência na aposentadoria com informações do CNIS pela internet

A partir de hoje (16), o segurado da Previdência Social deverá encontrar mais facilidade para obter informações de relevância para a sua aposentadoria ou para pedir qualquer outro benefício. É que o extrato previdenciário, conhecido como Cadastro Nacional de Informações Sociais (CNIS), poderá ser acessado pelo site do INSS, no portal “Meu INSS”.

Para ter ideia da sua importância, são os dados do CNIS que valem e serão considerados para a concessão de benefícios. Ou seja, é a partir dele que o INSS vai definir se o segurado tem direito, ou não, de se aposentar, qual o valor da aposentadoria, e assim por diante.

O Decreto nº 6.772, de dezembro de 2008, determinou que “os dados que se encontram no CNIS valem para todos os efeitos como prova de filiação à Previdência Social". Além dos dados pessoais, o CNIS traz o tempo de trabalho e de contribuição, inclusive quando o segurado recolheu como contribuinte individual e facultativo, datas de admissão e rescisão de contrato de trabalho, identificação do empregador, períodos em que trabalhou em determinada empresa, remuneração recebida e valores do recolhimento. É um histórico completo.

Fonte: Estadão (Economia e Negócios)


 

Já está no ar! Bate-papo com o InCor

Denervação renal no tratamento da hipertensão. Duas publicações recentes da revista Lancet, o RADIANCE Hypertension e o SPYRAL Hypertension, reacendem a polêmica em torno dessa terapia. Afinal, ela é efetiva ou não no tratamento da hipertensão arterial refratária ou resistente? E quando deve ser utilizada?

Para falar sobre o assunto, o Bate-Papo com o InCor traz o Dr. Luiz Bortolotto, cardiologista e chefe da Unidade Clínica de Hipertensão do Instituto do Coração. Em entrevista conduzida pelo Dr. Brenno Rizerio, o especialista comenta também os resultados de pesquisas do InCor com essa terapia.

Clique aqui e faça seu login para acessar o vídeo

 

Eventos em Destaque

Programa de Aprimoramento em Nutrição

Estão abertas as inscrições para o processo seletivo do 12º Programa de Aprimoramento em Transtornos Alimentares para Nutricionistas e estudantes de Nutrição. São 30 vagas disponíveis até 20 de julho. As aulas teóricas serão às quartas-feiras, das 19h às 22h, e estágio prático às sextas-feiras. Início em 8 de agosto, com previsão de término em julho de 2019.

Informações e inscrições:
(11) 2661-6975 | ambulim.ipq@hc.fm.usp.br.

Realização: Núcleo de Pesquisa e Ensino do Programa de Transtornos Alimentares (NUPE-AMBULIM).

 

IV Winter School acontece em julho na FMUSP

A Faculdade de Medicina da USP receberá 69 estudantes de instituições de 25 universidades de 16 países para o quarto FMUSP Medical Winter Schools, que começa hoje (16) e vai até o dia 27 de julho. Estão inscritos alunos de países como Inglaterra, Bélgica, Itália, Holanda, Hungria, Dinamarca, Estados Unidos, Espanha, México e Peru, entre outros.

O programa, gratuito e em inglês, é destinado a alunos de graduação da FMUSP e de universidades conveniadas. Serão duas semanas de atividades educacionais em nove diferentes tópicos: Patologia de Autópsia, Cardiologia, Ginecologia, Dermatologia, Endocrinologia, Geriatria, Doenças Infecciosas, Psiquiatria e Medicina Física e Reabilitação. Os alunos foram selecionados com base no desempenho escolar, prêmios e/ou notáveis atividades acadêmicas e representatividade institucional.

Além do programa educacional, também haverá visitas ao Sistema Único de Saúde do Complexo HCFMUSP e encontros sociais organizados pelos estudantes brasileiros para que os participantes vivenciem e desfrutem da cultura e diversão de São Paulo.

 

Gestão da Humanização em Serviços de Saúde

Encontros presenciais mensais e atividades EAD semanais com o objetivo de promover conhecimento de conceitos, práticas e técnicas de gestão estratégica da humanização nos serviços de saúde e desenvolver lideranças para sua condução institucional. As vagas são limitadas. Início: agosto de 2018.

Público-alvo: profissionais graduados. Local: Prédio da Administração do HCFMUSP.

Informações e inscrições: (11) 2661-7025 | http://eep.hc.fm.usp.br.

 

I Simpósio Internacional do Paciente Cirúrgico de Alto Risco

Dias 3 e 4 de agosto, no Transamérica Hotel, em São Paulo.

Informações e inscrições: www.intensivesurgery.com.br.

O evento será realizado com o apoio da Faculdade de Medicina da USP e do Hospital das Clínicas da FMUSP.

 

Informe Semanal de Exames Laboratoriais da Divisão de Laboratório Central com Restrição Operacional

Consulte aqui

Coluna do Leitor:

A redação do HC On Line está disponibilizando um espaço para você enviar sugestões, comentários, críticas e elogios. Envie e-mail para hconlinenci.adm@hc.fm.usp.br, com seu nome completo, cargo e área de atuação dentro do Complexo HC. Escreva para nós!


Data Especial

16/07 - Dia Mundial de Combate à Hepatite

 

As informações contidas no
HC On Line
foram confirmadas até a data de fechamento desta edição. Qualquer alteração ou cancelamento é de responsabilidade dos organizadores.



Produzido pelo
Núcleo de Comunicação Institucional - NCI  
© 2007 - 2018
HC ON LINE - Jornal Eletrônico do HCFMUSP. 
Todos os direitos reservados.

Expediente:
Jornalistas responsáveis:
Ana Cláudia O. Ananias Mtb 43448/SP
Fernando Zamith Mtb 11286/SP

Fotos:
Agnaldo Dias Correia Mtb 65339/SP CTP
Sérgio Kayano Cota

Lay out:
Regina Lucia Pedro da Silva
Danilo de Oliveira Santos

Revisão:
Dra. Elizabeth de Faria
Dr. Massayuki Yamamoto
Vera Lucia Nogueira Vellutini
Solange Cirelo


Contato
hconlinenci.adm@hc.fm.usp.br

Antes de imprimir pense na sua responsabilidade com o meio ambiente!
 

Terapêutica musical alegra e conforta pequenos pacientes no
 HCFMUSP
 

“O grande instrumento do artista é a experiência de vida. Abrir-se para o diálogo e viver as coisas da vida” – diz Anna Dulce Sampaio, terapeuta musical, empenhada no Projeto Música no Hospital. Ela atua, em trabalho voluntário, junto às crianças sob tratamento na Hemodiálise do ICr – Instituto da Criança e do Adolescente e também na Unidade de Terapia Intensiva do ITACI – Instituto de Tratamento do Câncer Infantil.

"Música alegra e distrai na vida dessas crianças". No ITACI, Anna Dulce traz conforto também às famílias de crianças internadas sob cuidados paliativos. Ela atende - com atenção e zelo - pedidos para cânticos de louvor. A mãe faz oração, a criança escuta e juntos promovem o conforto necessário. “Música é isso: é diálogo” – diz Anna Dulce.

Listas temáticas de canções disponibilizadas na rede social do Youtube são acessadas pelos pequenos pacientes por meio de tablets. “Há listas com temas de passarinhos, por exemplo. Mas, a preferida tem sido sobre ‘xixi-cocô-pum’. Música infantil atravessa gerações. ‘Atirei o Pau no Gato”, por exemplo, tem 100 ou 200 anos” - comenta.

Com formação superior em Artes Cênicas pela Escola de Comunicações e Artes da USP – Universidade de São Paulo, especializada em voz e canto, Anna Dulce Sampaio define a educação terapêutica musical: “Não é o aluno que vai aprender. Nós é que aprendemos sobre as necessidades desse aluno. E isso é vital no ambiente hospitalar”.

 

Saiu na Mídia

Médicos da USP desenvolvem gel que pode construir novos órgãos

O grupo de pesquisadores que desenvolveu o gel que pode construir novos órgãos foi o vencedor do Prêmio Nacional de Cirurgia Cardíaca de 2018, durante o 45º Congresso da Sociedade Brasileira de Cirurgia Cardiovascular.

Segundo o principal autor da pesquisa, o médico Gabriel Liguori, doutorando em Cirurgia Torácica e Cardiovascular na Faculdade de Medicina da USP, um dos principais motivos para a realização da pesquisa é a grande demanda mundial de transplante de órgãos, devido a ocorrência frequente de doenças vasculares que provocam o falecimento do coração. O que, para os médicos, torna imprescindível a criação de alternativas que permitam transplantes eficazes. Com a pesquisa, o grupo pretende construir órgãos com células do próprio paciente, evitando possíveis rejeições.

Criado para ser utilizado em impressoras 3D, o gel foi feito para simular uma estrutura idêntica à natural. O médico esclarece que foram usados órgãos de porco para estimular células que estão no coração, simulando o comportamento que elas teriam dentro do animal. Os pesquisadores descobriram que, na utilização desses tecidos artificiais, que são idênticos a células, eles se comportam exatamente como se fossem nativos. Mesmo com o êxito na pesquisa, Liguori explica que esse método começará a ser utilizado em humanos em um prazo de 10 a 15 anos.

O estudo também é resultado de um sonho que vem sendo construído diariamente. Por ter nascido com uma cardiopatia congênita, a malformação do coração, desde sua primeira semana de vida, Liguori frequentava o Instituto do Coração (InCor) do Hospital das Clínicas da FMUSP. Dois anos depois, ele passou por uma cirurgia a fim de corrigir o problema. Com a convivência e tendo que visitar frequentemente o InCor, o agora médico se encantou pela área, o que fez com que ele cursasse Medicina justamente para atuar em cirurgia cardíaca pediátrica e poder realizar a mesma cirurgia em crianças.

Fonte: Jornal da USP no Ar (uma parceria do Instituto de Estudos Avançados, Faculdade de Medicina e Rádio USP)

 

Planejamento Financeiro

Quem sacar PIS/PASEP em agosto terá rendimento maior

A partir de 8 de agosto, quem sacar PIS/PASEP receberá 8,97% a mais. Trabalhadores de qualquer idade poderão resgatar o saldo, desde que tenham contribuído até 1988 e que ainda não tenham sacado. Neste ano, o rendimento anual do PIS/PASEP, que é pago uma única vez sempre em agosto, ficou acima da inflação acumulada nos últimos 12 meses.

Saiba mais aqui.

Fonte: Exame.abril.com

 

Destaques de RH

PROGRESSÃO 2015 – Área Meio/Administrativa

Saiu a lista de classificação final dos servidores aptos a participar do processo de Progressão 2015 da Área Meio/Administrativa: auxiliar de serviços gerais, oficial administrativo, oficial operacional, oficial sociocultural, analista administrativo, analista de tecnologia, analista sociocultural e executivo público.

Da classificação final caberá recurso, uma única vez, até o dia 18.07.2018, por meio de requerimento fundamentado que deverá ser entregue na Seção de Expediente do Núcleo de Gestão de Pessoas – Prédio da Administração -1º andar - das 08h às 15h.
Clique aqui para conferir o edital completo

Mais informações, no Centro de Gestão de Pessoas do seu Instituto.

 

Você conhece a aposentadoria complementar?

Informe-se sobre o assunto nos plantões preparados pela SP-PREVCOM - Fundação de Previdência Complementar do Estado de São Paulo especialmente para você, servidor público estadual.

Durante as reuniões, que serão realizadas hoje, amanhã (17) e nos próximos dias 6 e 7 de agosto, no 1º andar do Prédio da Administração (sala ao lado da recepção do NGP – Núcleo de Gestão de Pessoas), você poderá esclarecer dúvidas e obter informações que irão ajudá-lo(a) a planejar o seu futuro afim de manter o padrão de vida familiar após se aposentar.

Para saber mais, clique aqui.

 

Aconteceu no HC

Corações Valentes

A comemoração do Dia da Cardiopatia Congênita no InCor foi diferente neste ano. Nesse dia, todos os “corações valentes” da Unidade de Terapia Intensiva Pós-Cirúrgica bateram em uníssono em prol da conscientização da cardiopatia congênita.

A ação consistiu na distribuição de camisetas para os pacientes com os dizeres “No meu peito bate um coração valente”. Para os funcionários, desde os médicos até a equipe multiprofissional, foram sorteadas camisetas com a frase “Eu cuido de corações valentes”. Sim, é preciso muita valentia e amor ao próximo para vencer o desafio de uma cardiopatia congênita, e isso não falta à equipe do InCor e a seus pacientes. A ação comemorativa do Dia da Cardiopatia Congênita foi promovida pelo projeto “Com cor, sem dor”, coordenado pelas doutoras Filomena Galas, coordenadora da UTI Pós-Cirúrgica, e Vanessa Guimarães, médica assistente da Unidade.

 

Prefeitura entrega ao IMREA Selo de Acessibilidade

O IMREA – Instituto de Medicina Física e Reabilitação, Unidade Vila Mariana, foi contemplado com o Selo de Acessibilidade da Comissão Permanente de Acessibilidade e da Secretaria Municipal da Pessoa com Deficiência (SMPED).

Este Selo atesta que a edificação atende totalmente as normas dedicadas à acessibilidade das pessoas com deficiência. “Esse selo não é fácil de conseguir, mas esse prédio é uma referência em acessibilidade; foi concebido para ser inteiramente acessível”, garantiu Sr. Cid Torquato, Secretário Municipal da Pessoa com Deficiência.

A homenagem foi recebida pela Diretora Executiva do IMREA, Dra. Margarida Miyazaki, e pelo Engenheiro Marcelo Setti. “Para nós é uma honra ter esse reconhecimento. Todo o processo de reabilitação é voltado para que o paciente consiga atingir os melhores resultados, e um ambiente adequado contribui muito para atingir esta meta”, completou a Diretora.

Também estiveram presentes a presidente da Comissão Permanente de Acessibilidade, Sra. Silvana Cambiaghi, e diretores do IMREA.

 

Laboratório de Análises Clínicas do InCor conquista ISO 9001:2015

Em maio último, o Laboratório de Análises Clínicas do InCor (LAC) recebeu a certificação ISO 9001, versão 2015, unindo-se ao SInfo (Serviço de Informática), que conquistou essa mesma versão da ISO, em dezembro de 2017.
 
Desde 1999 (ano da sua primeira certificação), o LAC passa por auditorias de manutenção anuais e, a cada três anos, por uma de recertificação, em que é reavaliada sua aderência aos critérios das normas ISO, com foco na gestão de processos, satisfação do cliente e na melhoria contínua.
 
Este ano, a certificação abrangeu também a gestão de risco, visando a segurança dos pacientes e dos processos. O caminho da conquista da ISO 9001/2015 envolveu 160 funcionários do Laboratório. Com o apoio do Serviço de Qualidade e o suporte do Serviço de Informática, Engenharia Clínica e do Posto Avançado de Suprimentos de Laboratório, a equipe do LAC reuniu esforços para aplicar as mudanças necessárias para alcançar a excelência em todos os requisitos da certificação. A área foi avaliada em diversas estruturas como: fornecimento de serviços de análises clínicas nas áreas de bioquímica, hematologia e hemostasia, além da emergência, coleta, expediente, análises especializadas (incluindo os serviços de apoio e atendimento ao cliente) e preparo de soluções e lavagem.

 

Referência Latinoamericana

O InCor realizou entre os dias 18 e 29 de junho, o I Curso de Capacitação e Aprimoramento em Transplante Pulmonar para a América Latina. Iniciativa da Organização Mundial da Saúde/Organização Panamericana de Saúde (OMS/OPAS), juntamente com o Sistema Nacional de Transplantes do Ministério da Saúde (SNT/MS), o curso teve como propósito instrumentalizar os participantes para criarem programas de transplante pulmonar em regiões da América Latina que ainda não possuem esses serviços. Participaram 20 profissionais da Argentina, Brasil, Paraguai e Uruguai, que foram indicados por seus respectivos países para compor esse grupo que, além das aulas teóricas, teve também capacitação prática em laboratório cirúrgico, com simulações e transplante pulmonar em modelo animal. O Prof. Dr. Paulo Pêgo Fernandes, diretor da Divisão de Cirurgia Torácica e coordenador do curso, ao lado do Dr. Marcos Samano, ressalta a importância desta iniciativa. “A escolha do InCor para sediar o curso mostra a importância que a Instituição representa no cenário nacional e internacional em transplante de pulmão. Ela é o reconhecimento do trabalho que vem sendo desenvolvido por esse programa de transplante, ao longo de quase duas décadas”.

 

Bioética para todos

No último dia 28, o HC, com o seu Comitê de Bioética e apoio da Escola de Governo e Administração Pública (EGAP) e dos Núcleos de Gestão de Pessoas e de Comunicação Institucional, realizou o II Encontro da Bioética - Bioética para Todos.

Com 200 participantes, foram discutidos temas como Autonomia e testamento vital, Alocação Eficiente de Recursos e a judicialização da medicina, Bioética e Compliance, Burnout, Terapêutica e Cuidado Paliativo e Assimetria entre direitos e deveres de pacientes e profissionais da saúde, além de reflexões sobre relações interpessoais e de conduta profissional levantadas pelo público.

Participaram como palestrantes do Comitê o Prof. Max Grinberg, a Profa. Maria Garcia, a Dra. Pilar Gutierrez; o Prof. Reynaldo Ayer (CREMESP); referências como o Prof. Milton A. Martins, o Dr. Ricardo T. Carvalho e o Superintendente Antonio José Rodrigues Pereira. Entre os convidados, os doutores Tiago P. Branco, Livia Herbst, Renata Fumis, Felipe Duarte, Roberto Dias, o Desembargador Carlos H. Abrão e a representante dos usuários, Sra. Vita Oliveira.

 

Programe-se

FMUSP abre inscrições para seleção de docentes

A FMUSP divulgou dois editais para processo seletivo de três professores por prazo determinado. As inscrições terminam às 16h do próximo dia 30.

Uma das vagas refere-se ao Departamento de Fisioterapia, Fonoaudiologia e Terapia Ocupacional da FMUSP. As outras duas vagas são oferecidas pelo Departamento de Moléstias Infecciosas e Parasitárias.

O Edital ATAC/FM/066/20180 esclarece que a seleção para o Curso de Fonoaudiologia refere-se à uma vaga de docente para jornada de 12 horas semanais.

A FMUSP divulgou outro Edital ATAC/FM/067/2018, informando que o Departamento de Moléstias Infecciosas e Parasitárias disponibiliza duas vagas para docentes, também por prazo determinado, com jornada de trabalho de 12 horas semanais.

Mais detalhes sobre essas vagas estão publicados pelo Diário Oficial do Estado de São Paulo – edição de 12 de julho, páginas 176 e 177, neste endereço eletrônico: https://goo.gl/J7LoHP.

Inscrições devem ser efetuadas exclusivamente por meio do Sistema de Admissão de Docentes USP: https://uspdigital.usp.br/gr/

 

Vamos falar sobre Telemedicina?

Participe do I Telemedicine Update e confira a palestra do Dr. Chao Lung Wen, no próximo dia 18 de agosto de 2018, das 8h30 às 13, na APM – Associação Paulista de Medicina (avenida Brigadeiro Luís Antonio, 278, Bela Vista – SP).
Com mais de 30 anos de experiência na área da Saúde e grande conhecimento na área da Telemedicina, Dr. Chao é um dos pioneiros a tratar do assunto.

Durante o workshop, serão abordados os temas: Ética e Responsabilidade Digital e a Nova Resolução de Telemedicina do Conselho Federal de Medicina.

Clique aqui e inscreva-se.
Mais informações pelo telefone (11) 31884281

www.apm.org.br/telemedicineupdate

 

Itaci promove Mc Dia Feliz



 

Saúde do Colaborador

Inscreva-se no curso de orientação à gestante

O Centro de Atenção ao Colaborador – CeAC/NGP vai promover o 63º Curso de Orientação à Gestante, destinado às colaboradoras gestantes do Complexo HC e esposas gestantes de colaboradores HC/FZ/FFM.

O início das aulas é no dia 15 de agosto e as inscrições estão abertas. Clique aqui para se inscrever.

São 30 vagas e o local dos encontros é na sala de treinamento do CeAC, todas as terças e quartas-feiras, das 10h às 12h.

O objetivo do curso é promover a saúde da mulher gestante, acolher e orientar, por meio de vivências e da troca de experiências com as demais participantes, que resultam na melhoria da qualidade de vida no trabalho, durante este momento único na vida das mamães.

 

Árvores do HC

Feijoa, goiaba-serrana, goiaba-do-mato, goiaba do campo ou goiaba-ananás
Nome científico:
Acca sellowiana
Família:
Myrtaceae
Ocorrência Natural:
Mata de Altitude em São Paulo, Rio de Janeiro, Região Sul, Norte da Argentina, Uruguai e Leste do Paraguai
Porte:
1 a 7 m de altura


O nome da árvore é em honra ao naturalista luso-brasileiro João da Silva Feijó (1760-1824). Durante o período em que viveu no Ceará, Feijó foi encarregado pela coroa portuguesa de mandar exemplares da flora nordestina para o Real Jardim Botânico da Prússia.

A feijoa é uma planta de ambientes quentes-temperados a subtropicais. No hemisfério norte, é cultivada até a Escócia, mas nem sempre frutifica porque temperaturas muito baixas podem destruir os botões florais. Na Nova Zelândia, sua presença é muito comum, sendo fácil encontrar nos mercados desde a fruta natural, em geleias e sucos, assim como também na arborização urbana, em pomares e quintais. Muitos da população local não sabem que é nativa do Brasil; por outro lado, em nosso país poucas pessoas conhecem ou já experimentaram.

O processo de domesticação da goiabeira serrana no Brasil iniciou-se em 1986 por iniciativa do pesquisador Jean-Pierre Ducroquet da Epagri (Empresa de Pesquisa Agropecuária de Santa Catarina). Ele soube por intermédio de um pesquisador da Universidade da Flórida que a goiabeira serrana estava sendo cultivada em várias partes do mundo inclusive nos Estados Unidos.

O fruto amadurece no outono e é de coloração verde, com o tamanho de um ovo de galinha e de forma elipsoide. Tem um sabor agradável, aromático e doce. A polpa possui uma parte mais gelatinosa, onde estão as sementes, e uma parte mais firme levemente granulada junto à casca. A polpa granulada junto à casca pode ser utilizada como esfoliante. As pétalas das flores, no final do seu ciclo, também são comestíveis possuindo um sabor adocicado suave e agradavelmente perfumado. São utilizadas em saladas e para adornar pratos. O fruto é consumido cozido ou mais frequentemente in natura, simplesmente partido ao meio e saboreado de colher como uma deliciosa sobremesa.

Feijoa é considerada uma “superfruta” por possuir muitas vitaminas, minerais e substâncias antioxidantes. Estudo in vitro publicado na revista Diabetes Therapy indicou que um componente da feijoa é eficaz na inibição da glicação de proteínas, o que pode vir a prevenir ou melhorar as condições crônicas da diabetes.

Referência:
Muñiz Aet al. In Vitro Inhibitory Activity of Acca sellowiana Fruit Extract on End Products of Advanced Glycation. Diabetes Therapy 2018 Feb;9(1):67-74. doi: 10.1007/s13300-017-0335-7. Epub 2017 Nov 22.


Colaboração: